quinta-feira, 15 de setembro de 2011

O princípio e o fim de todas as coisas



Onde estamos? o que sentimos de verdade?
É apenas um espaço de tempo que se finda
ao deixar-mos uma determinada sensação?
A vida é um lapso de memória extra-sensorial
ilusório de um momento etério?
E as emoções contidas dentro do conciente,
pra onde irão depois da existência a qual conhemos como vida?
É um espaço de tempo maior que a distância cronológica
de nossa existência, ou ambos são a mesma coisa?
Qual o destino de um ser mutável e finito,
ele condiz com a eternidade?
Para onde se dirigem todas as memórias depois do físico?
E a matéria orgânica de nossos corpos,
se desfazem em meras substâncias decompostas?
Pode o físico (massa) se separar da energia (espirutual), perpetualmente ou ambos são inseparáveis,
e um dia serão um só para sempre?
E os sentimentos e emoções acumulados em nossas memórias
no decorrer da vida, se dissipam, ou existe um Lugar para onde eles
serão depositados depois de nossa existência?
Onde é o fim do espaço cosmos?
Existe fim do mesmo?
Podemos viajar no tempo pelos buracos de verme?
os buracos negros são implosões de mundos físicos que já existiram?
O tempo pode retroceder sem alterar a história?
Podemos viajar para o passado ou para o futuro?
Podemos parar o tempo?
Podemos viver simultaneamente em mundos paralelos?
Se tudo se criou á partir de um big bang, de onde veio essa explosão? de onde saiu esta energia criadora?
Se a vida começou a partir de seres microscópios e inferiores De onde vieram então esses seres, quem os criou?
Como nos atrevemos a responder coisas que supomos ser, ''em meras teorias,'' se não sabemos responder as perguntas que mais nos afligem por fatos e provas cabais?
Se os planetas se formaram por impáctos contínuos por milhões de anos, de onde veio então a matéria para formar a massa destes planetas?
Se a vida foi uma evolução e não uma criação, de onde evoluiu esta vida, e qual seu ponto de partida?
tudo tem um começo, um meio e um fim, então
Quem somos, de onde viemos, e para onde iremos?
Como sempre, ''Perguntas sem respostas''
assim concluímos que nada sabemos a não ser o que nos é permitido por Deus.
Acreditamos que existe vida superior e extra terrestre, mundos inteligentes sem nunca te-los encontrado, mas duvidamos de Deus,
e dos milagres que estão a nossa volta, em descobertas arqueológicas
comprovando toda a veracidade de um ser maravilhoso e inteligente, mas acima de tudo, amoroso e surpreendentemente criador...
o Deus ''EU SOU O QUE SOU'' DE Moisés. (exôdo 3:14)


''Apocalipse 22''
13  Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim de todas as coisas, o primeiro e o
derradeiro.
14  Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito
à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

A sabedoria que vem do alto



''Crente, fanáticos'' são descrições errôneas
 para pessoas que crêem em palavras tão sábias 
e antigas, escritas por tantos homens de culturas épocas e classes sociais tão diferentes.
Todos somos crentes, pois todos acreditamos em alguma coisa...
''crente'' (aquele que crê ) e alguém pode não necessariamente 
crer em cristo, ou na bíblia, mesmo assim será um crente, 
''pois crê em algo.''
''Um homem chamado jesus cristo'', 
esse que mudou o mundo e toda a sua cronologia, 
não por ser um ''tolo'' que achava que sabia tudo, 
mas porque realmente sabia e sabe, pois é o filho de Deus,
''o cordeiro que tira o pecado do mundo''!
Para o governo dos críticos e céticos, saibam que a bíblia (livros)
não é sinônimo de'' ignorância'', mas de sabedoria mais que milenar...
já que até as maiores mentes de nosso tempo, os'' cientistas, filísofos, 
médicos e doutores em história antiga'' usam este livro como ponto 
de partida e referência para seus estudos mais complexos...
Ignorância é falar do que não se conhece e ter pré-conceito daquilo 
que é inegável, ''a palavra de Deus''
já que a própria ciência moderna confirma todos 
os seus escritos em cada descoberta que faz.
Então quem realmente está equivocado?
logicamente aqueles que falam sem conhecimento,
achando que a bíblia é um simples livro preto
o qual os ''crentes'' levam para a igreja no domingo....
Acorde, se informe...leia um pouco, e verá o quanto tem a aprender com o único livro
que nunca sai de moda, pois seus escritos mais antigos falam de assuntos ainda atuais,
coisa que nenhum ''best seler´s'' é capaz de fazer,
levando-se em conta que é um livro muito antigo, e ''demodê'',
''como muitos insistem em dizer sem saberem o que estão falando.''
A bíblia foi escrita por 40 autores, todos de regiões e épocas diferentes, ''um verdadeiro milagre''.
entre 1445 e 450 a.C. (livros do Antigo Testamento) e 45 e 90 d.C.(livros do Novo Testamento)
''erreis por não conhecer as escrituras''...disse o próprio cristo!
não se trata de religião, mas de sabedoria que vem do alto!
É o livro mais vendido de todos os tempos com mais de 6 bilhões de cópias em todo o mundo, uma quantidade 7 vezes maior que o número de cópias do 2º colocado da Lista dos 21 Livros Mais Vendidos.
''sem dúvida a bíblia é um verdadeiro milagre!!''
Então, agora me diz...quem está equivocado?
se informe melhor antes dizer coisas que não sabe.
E escrito está: ''e naquele dia os homens darão conta de cada 
palavra torpe que saiu de suas bocas''...
não erreis, Deus não se deixa escarnecer, porque tudo o que o homem semear 
isso também ele ceifará.''


Por: carlos max

o grande mandamento


MATEUS CAPÍTULO 22







34  E os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar.
35  E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
36  Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
37  E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
38  Este é o primeiro e grande mandamento.
39  E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
40  Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.


O progresso e a glória da Igreja


ISAÍAS capítulo 54


1  canta alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o senhor.
2  Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.
3  Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.
4  Não temas, porque não serás envergonhada; e não te envergonhes, porque não serás humilhada; antes te esquecerás da vergonha da tua mocidade, e não te lembrarás mais do opróbrio da tua viuvez.
5  Porque o teu Criador é o teu marido; o senhor dos Exércitos é o seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; que é chamado o Deus de toda a terra.
6  Porque o senhor te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora desprezada, diz o teu Deus.
7  Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei;
8  Com um pouco de ira escondi a minha face de ti por um momento; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o senhor, o teu Redentor.
9  Porque isto será para mim como as águas de Noé; pois jurei que as águas de Noé não passariam mais sobre a terra; assim jurei que não me irarei mais contra ti, nem te repreenderei.
10  Porque os montes se retirarão, e os outeiros serão abalados; porém a minha benignidade não se apartará de ti, e a aliança da minha paz não mudará, diz o senhor que se compadece de ti.
11  Tu, oprimida, arrojada com a tormenta e desconsolada, eis que eu assentarei as tuas pedras com todo o ornamento, e te fundarei sobre as safiras.
12  E farei os teus vitrais de rubis, e as tuas portas de carbúnculos, e todos os teus termos de pedras aprazíveis.
13  E todos os teus filhos serão ensinados do senhor; e a paz de teus filhos será abundante.
14  Com justiça serás estabelecida; estarás longe da opressão, porque já não temerás; e também do terror, porque não chegará a ti.
15  Eis que seguramente poderão vir a juntar-se contra ti, mas não será por mim; quem se ajuntar contra ti cairá por causa de ti.
16  Eis que eu criei o ferreiro, que assopra as brasas no fogo, e que produz a ferramenta para a sua obra; também criei o assolador, para destruir.
17  Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás; esta é a herança dos servos do senhor, e a sua justiça que de mim procede, diz o senhor.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

A idolatria e depravação


                  ROMANOS 1

18  Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça.
19  Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
20  Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
21  Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
22  Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
23  E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
24  Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
25  Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26  Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
27  E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
28  E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;

Os filhos de Deus


I JOÃO capítulo 3

1  vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.
2  Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.
3  E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.
4  Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade.
5  E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.
6  Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.
7  Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo.
8  Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.
9  Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

Os falsos mestres



II PEDRO capítulo 2


1  E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
2  E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
3  E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
4  Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;
5  E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;
6  E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;
7  E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis
8  (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);
9  Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;
10  Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;
11  Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

A sua imagem e semelhança


É momento de rever os conceitos
e tentar chegar a um concenso, ''com um bom senso.''
as horas passam depressa e nosso mundo muda a cada instante,
as flores nascem e morrem,
gerações vem e vão dando lugar a outra.
não temos mais tempo pra coisas pequenas,
de nos apegar ao transitório, ao ilusório.
a energia do universo se expande,
e no fluxo das estrelas o cosmos se renova.
elas morrem mas o universo sempre está em movimento.
tudo é um ciclo contínuo de idas e vindas.
em nós mesmos se movem centenas de milhares de vidas
microscópicas, as quais não vemos a olho nú,
mas elas existem, somos ''mundos dentro outros mundos.''
somos carne que se move com a energia...
essa energia que chamamos ''vida.''
viver, sentir, sonhar... é assim que somos...
precisamos de uma adaptação a este mundo físico,
o qual não pertencemos definitivamente ainda,
pois nossa estada aqui é transitória,
tudo passará e será transformado.
então quem somos de verdade?
somos seres trinos como Deus, filhos do mesmo,
mas em uma escala menor,
somos, ''corpo, alma e espírito...''
somos carne(corpo), alma(sentimento) e
espírito(vida imortal, energia)
somos filhos de Deus...''sua imagem e semelhança,''
sendo assim seremos pra sempre,
mesmo depois que nosso corpo já não existir...
e mesmo que ele se desfaça, um dia ele se refará,
porquê um dia até o mar devolverá os seus mortos.
então seremos perfeitos em alma, corpo e espírito...
''seremos os três, que compôem um...''
seremos como um dia ele falou...
''sua imagem e semelhança''
pois DEUS também é trino...
 Pai, filho e espírito santo.

de: carlos max

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Com Deus não se brinca


            
“não  vos deixeis enganar, de Deus não se zomba; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará (Gálatas 6:7)
JONHON LENNON Alguns anos depois de dar uma entrevista a uma revista americana disse: “O Cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo. Jesus era legal Mas suas disciplinas são muito simples. Hoje. Nós somos mais populares que Jesus Cristo.(1966)” Lennon, depois de ver que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã em novembro de 1980 em frente a sua residência TAcNCREDO NEVES Na ocasião da campanha presidencial, disse que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS), “Nem Deus o tiraria da presidência” Os votos ele conseguiu,mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar posse. BRIZOLA No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse ”Que aceitava ate o apoio do demônio para se tornar presidente.” A campanha quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar. CAZUZA Em um show no Canecão Botafogo RJ deu um trago num cigarro de maconha em cima do palco, soltou a fumaça para cima e disse: “Deus, essa é para você!” Nem precisa falar em que situação morreu este homem. MARILYN MONROE Foi visitada por Billy Grahan durante apresentação de um show. Ele é um pregador do envagelho, na época havia sido chamado pelo Espirito Santo aquele lugar, para pregar a Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do envangelho, disse: “Não preciso do seu Jesus” Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento. BOM SCOTT Ex vocalista do conjunto AC/DC. Cantava no ano 1979 uma musica com a seguinte frase: ´´Não me impeça, Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o inferno,`` No dia 19 de fevereiro de 1980, Bom Scort foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito. TITANIC Na ocasião em que foi contruído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto-mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor:”O que o senhor tem a dizer para imprensa sobre a segurança do seu navio?” O homem, com um tom irônico, disse: “Nem Deus poderá afundar meu navio”.
O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros do mundo!
ACIDENTE DE CARRO
Em Campinas, uma turma de amigos já embriagados, foram buscar a ultima pessoa pra ir para balada, parou em frente a casa da jovem a chamou, junto com a moça veio a mãe.
A mãe com medo vendo todos embriagados e sua filha entrando naquele carro lotado, pegou na mão da filha que já estava indo e disse: ´´filha, vai com Deus, ele te proteja,``
A filha para tirar uma onda com a mãe disse:”Só se ele for no porta-malas, pois aqui já esta lotado”.  Algumas horas depois veio a noticia aos familiares dos jovens, sofreram um acidente, morreram todos, o carro ficou irreconhecível mas o porta-malas ficou intacto
A policia técnica disse que pela violência do acidente seria impossível o porta-malas ficar intacto, quando o policial abriu o porta-malas, lá estava uma bandeja com 18 ovos, sem nenhum arranhão, e todos nos lugares corretos da bandeja.
Muitos outros homens importantes também se esqueceram que a nenhum outro nome foi dada tanta autoridade Como a que é dada ao nome de JESUS CRISTO

Não esqueça disso: ´´muitos morreram, mas só Ele ressuscitou ao terceiro dia.``
  

jesus a alegria dos homens

jesus a alegria dos homens

jesus é a alegria dos homens, a humanidade exulta em sua vinda a este mundo;
uma humanidade já desesperançosa por tanto revéz, lutas e dissabor.
cristo abrindo mão de sua essência divina veio-nos trazer alento e conforto pras nossas dores.
um lapso de tempo que veio da eternidade, o menino, o homem, o Deus que é o princípio, o meio e o fim de todas as coisas.
o alfa e o ômega, o primogênito dentre os mortos.
aquele o qual a morte não reteve em seus aguilhões.
Jesus cristo, o filho de Deus, Emanuel, o Deus conosco;
a raiz de Davi, o messias, o escolhido, de quem falavam os profetas da antiguidade.
aquele que pisou na cabeça da serpente cumprindo assim a profecia adâmica.
sua primeira vinda foi expiação, dor e sacrifício;
a segunda será de grande glória...
o rei dos reis, aquele que vive e reina para todo o sempre, amém.

de: carlos max

mateus é o Único livro do Novo Testamento que foi escrito originalmente em hebraico.*

Comentário:

O evangelho segundo São Mateus tem em mira dar testemunho de que Jesus é o prometido Messias da antigüidade, e que sua tarefa messiânica consistia em levar aos homens o reino de Deus. Estes dois temas - a messianidade de Jesus e a presença do reino de Deus - estão inseparavelmente vinculados, e cada um deles engloba um "mistério"- uma nova revelação do propósito redentor e divino. (Leia Romanos 16:25, 26). O mistério da missão messiânica está que antes que o Messias venha nas nuvens, como celestial Filho do Homem, para estabelecer seu reino sobre a terra, deve primeiramente vir com humildade entre os homens, como o Servo sofredor que morrerá na cruz. O judeu do primeiro século jamais tinha ouvido tal coisa. Para o crente da atualidade, o capítulo 53 de Isaías relata com meridiana clareza os sofrimentos do Messias. Contudo, nesta passagem não se faz referência ao Messias, e o contexto (Isaías 48:20; 49:3) cita especificamente a Israel como servo de Deus. Portanto, não devemos surpreender-nos com o fato de que os judeus não compreendessem que o capítulo 53 de Isaías se referia ao Messias. Esperavam um Messias que viesse com poder e vitória, e o Antigo Testamento promete, em realidade, tal Messias. O Filho de Davi é um Rei divino que governará no reino messiânico (Isaías 9:11; Jeremias 33), quando todo o pecado e todo o mal serão tirados, e prevalecerão a paz e a justiça. O Filho do Homem é um Ser celestial a quem é confiado o governo sobre todas as nações e reinos da terra. O Antigo Testamento não nos diz de que forma se relacionam entre si estes dois conceitos proféticos do Rei davídico e do celestial Filho de Deus, ou de que modo cada um deles pode ser identificado com o Homem de dores do capítulo 53 de Isaías. Portanto, os judeus do primeiro século esperavam um Messias vencedor, ou um Filho do Homem, porém celestial, e não um Servo humilde do Senhor, que sofreria e morreria. O mistério messiânico - a nova revelação do propósito divino - consiste em que o celestial Filho do Homem deve primeiro sofrer e morrer em cumprimento de sua missão messiânica e redentora, como o Varão de dores, antes de apresentar-se com poder e glória.

                    jesus2_celia_16_02_05 

 

 


os dez mandamentos


Os Dez Mandamentos (1956)

               
                           
1 Então falou Deus todas estas palavras, dizendo:
2 Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
3 Não terás outros deuses diante de mim.
4 Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
5 Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
6 e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.
7 Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.
8 Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.
9 Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;
10 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas.
11 Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.
12 Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.
13 Não matarás.
14 Não adulterarás.
15 Não furtarás.
16 Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
17 Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.
exôdo capítulo 20

a paz de Deus, que excede todo o entendimento

       addg8h205l

O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz." (*)

Essa palavra PAZ, que encontramos nesta bênção, é a tradução da palavra hebraica: SHALOM. Na verdade, no hebraico, essa palavra toma dimensões maiores do que a nossa tradução para o português. Na verdade, SHALOM, no sentido mais lato da palavra, abrange o bem-estar (Juízes 19.20); a saúde física ( Isaías 57.18; Salmo 38.3); a prosperidade (Salmo 73.3); o contentamento ao adormecer (Salmo 4.8); na partida (Gênesis 26.29) e no momento da morte (Gênesis 15.15, etc.); boas relações entre as nações e os homens (1Reis 5.26; Juízes 4.17; 1Crônicas 12.17-18); salvação (Isaías 43.7; Jeremias 29.11; cf. Jeremias 14.13). (**)

Você, quando ouve as palavras dessa bênção no culto, já pensou em todas as dimensões que envolvem essa simples palavra SHALOM? Quantas vezes você já ouviu essa bênção no culto sem se dar conta do que ela significa? Quando você a receber, pense no que ela tem de significado para a sua vida. Creia que Deus quer te abençoar com o bem-estar, com a saúde, com a prosperidade, com o contentamento no adormecer, na partida e na morte, com a salvação, com as boas relações entre as pessoas...

A paz que o Senhor tem para o seu povo, definitivamente, não é a paz que o mundo tem para dar. A paz do mundo muitas vezes não passa de ausência de conflitos. Mas a SHALOM, a paz que Deus quer para o Seu povo é muito mais profunda.

Que paz você tem na sua vida, querido amigo? Olhando para a explicação acima sobre a palavra SHALOM, você pode afirmar que tem essa paz? Se você não tem, eu quero dizer para ti: Deus quer te dar essa paz! Deus não quer que você fique sem receber essa bênção! Se você ainda não tem essa bênção, mas gostaria de recebê-la, eu quero te dizer uma coisa: Deus quer te dar e não precisa pagar dinheiro algum por ela. O que Deus quer é que você receba essa Paz na pessoa dAquele que é o Príncipe da Paz, que é Jesus.

Amigo, receba a Jesus em seu coração. Entregue a sua vida a Ele! Entregue a sua vida inteiramente nas mãos dEle, coloque-O em primeiro lugar na sua vida e, pode ter certeza, a sua vida será repleta da SHALOM, da verdadeira paz do Senhor.

E, tendo a paz do Senhor, podemos semear essa paz também no coração das outras pessoas. Podemos falar de Jesus, o Príncipe da paz!

Meu desejo sincero é que Deus dê a você e à sua família um ano repleto da Sua SHALOM. Irmão, venha à Casa do Senhor! Venha receber a Sua Palavra! Venha adorar o Deus da vida o Deus da paz. Certamente, buscando a face do Deus Todo-poderoso constantemente, seu ano será marcado pela SHALOM, pela paz do Senhor. Que Ele estenda a Sua mão sobre ti e te dê a Sua paz. Amém.

o sacrifício de cristo para a nossa salvação

cruz-de-cristo[1]
Jesus Vive para Salvar (Romanos 5:1-21)
No capítulo 5, Paulo destaca o poder de Jesus vivo para ajudar os discípulos perdoados, e apresenta uma série de pontos de contraste entre Adão e Jesus.
O Poder de Jesus Vivo (1-11)
O pecado nos separou de Deus. Agora o resultado da nossa justificação é a comunhão e paz com ele (1). Por intermédio de Jesus, temos a esperança da glória de Deus (2).
Também gloriamos nas coisas que nos levam à esperança: tribulações, perseverança e experiência (3-4). Se, pelo sofrimento da morte, Jesus chegou à glória, nós podemos encarar sofrimento em nossa vida com a mesma confiança ( Hebreus 12:1-3).
Temos convicção da esperança, porque ela se baseia em Deus (5-8):
● Deus derramou o seu amor (5)
● O Espírito Santo revelou este amor (5)
● Cristo morreu por nós quando éramos ainda pecadores (6-8)
● Na morte de Jesus, o amor de Deus foi revelado (8). Que amor sobrenatural! Quando éramos pecadores, lutando contra a santidade e a bondade de Deus, Cristo morreu por nós.
Muito mais agora (9-11). Preste atenção nesses versículos. O ensinamento de Paulo aqui conforta e anima o servo de Deus. No passado, Cristo demonstrou seu poder para salvar os pecadores (inimigos) pela sua morte. No presente, ele demonstra ainda mais poder para salvar os justificados (reconciliados, amigos) pela sua vida. Paulo não vê a obra redentora de Cristo como apenas o sacrifício feito na cruz. Jesus vive e age ao nosso favor. Ele é nosso Advogado (1 João 2:1) e intercede por nós (8:34). Jesus morreu para nos salvar, e vive para nos salvar!
Adão e Jesus (12-21)
Vamos observar primeiro o conteúdo deste trecho, e depois fazer algumas observações sobre as distinções apresentadas.
Adão trouxe o pecado ao mundo, e o pecado trouxe a morte. Todos morrem, porque todos pecam (12).
O pecado já existia antes da Lei dada por intermédio de Moisés, provando que já havia lei governando todos os homens (13-14). A morte já reinou de Adão a Moisés, mostrando que Deus levou em conta o pecado naquela época. Mas, os pecados dos outros não eram o mesmo cometido por Adão. Ele violou uma lei (Gênesis 2:16-17); eles violaram outras.
Adão “prefigurava aquele que havia de vir” (14). Pelo ato único de violar uma lei especial, ele trouxe conseqüências sobre todos. Jesus, como Paulo mostrará nos versículos seguintes, por um ato único de obedecer o Pai, trouxe bênçãos para todos. Como a ofensa trouxe a morte a muitos, o sacrifício de Jesus trouxe a vida a muitos (15).
O dom é superior à ofensa. Uma ofensa causou o sofrimento de muitos. A graça responde a muitas ofensas e traz a justificação (16). Pela ofensa de Adão, a morte reinou sobre os homens. Pelo ato de Jesus, os homens reinam sobre a morte (17).
Participação de morte e de vida (18-19). Neste trecho, Paulo fala de dois sentidos de morte e dois sentidos de vida. Pelo pecado de Adão, a morte física passou a todos os homens. Pela ressurreição de Jesus, todos os homens serão ressuscitados (fisicamente – veja 1 Corínitos 15:20-22). Todos que participaram do pecado participam também da morte espiritual. E todos que participam da obediência de Cristo se tornam discípulos e participam também da vida espiritual.
A lei enfatiza o pecado, mas a graça é maior ainda (20). O pecado reinou na morte, mas a graça reina pela justiça (de Cristo) para a vida eterna (21). A graça e sua recompensa são superiores ao pecado e sua conseqüência!
editado por carlos max e escrito por Dennis Allan